Resenha – Amanhã você vai entender.

A pergunta que não quer calar… “Tem como resistir a um livro com uma capa tão fofa como essa?”. Eu não resisti…

IMG_0640

“Miranda esta em meio a um grande enigma. Um estranho pode ter invadido sua casa, seu melhor amigo foi agredido na rua e uma série de bilhetes, que ela não compreende nem tampouco sabe quem escreve, alerta sobre a morte de alguém. Alguém próximo. Alguém que ela poderá ajudar a salvar.
Mas para isso, a menina precisa descobrir o que esta acontecendo. Bilhete após bilhete, as peças do quebra-cabeça se juntam, até que finalmente o cenário se completa e Miranda percebe que a resposta sempre esteve ali, bem na frente dela – mas o tempo é argiloso: guarda hoje momentos que só amanha você vai entender.”

IMG_0633

Tenho que confessar que estou tendo um pouco de dificuldade para escrever essa resenha… O problema é que ainda não me decidi se eu gostei ou não do livro.
A leitura é gostosa. Os capítulos são curtos, a fonte é grande e espaçosa. A trama é narrada por Miranda, que por se tratar de uma criança, traz um ar de inocência e fantasia, mas ao meu ver pouco envolvente. Um pouco confuso para um leitura infantojuvenil e um pouco infantil para um leitura adulta. Não vou dizer que não estava curiosa para saber quem escrevia os bilhetes e como ele sabia tantas particularidades da vida da protagonista, também não vou dizer que não conseguia parar de ler de tanta curiosidade… Da metade para o final já é possível começar a desvendar o mistério mesmo sendo um pouco difícil de se imaginar. Bom já estou falando demais…

IMG_0634

Como já disse, ainda não decidi se recomendo a leitura.
Quem sabe “amanha eu entenda”

 

Livro: Amanha você vai entender

Autor: Rebecca Stead

Gênero: Ficção

Ano de lançamento: 2011

Número de páginas: 224

Editora: Intrínseca

Preço: $24,90

Etiquetado , , , , ,

08 de março – Dia internacional das Mulheres

 

08 de março – Dia Internacional das Mulheres – E porque não brindar essa data, com um belo Cosmopolitan?

Um dos drinks mais feminos que existe…
… ainda mais charmoso!

cosmo-jellyshot

A dica de hoje, é uma Releitura do nosso queridinho:  JELLYSHOT DE COSMOPOLITAN.

1 xícara de suco de cranberry
1 xícara de vodka aromatizada de cranberry
1/4 xícara de suco de lima
1/4
de xícara de  Cointreau
2 e 1/2
envelopes de gelatina em pó sem sabor

Em uma panela acrescente o suco de cranberry o suco de lima e leve ao fogo brando. Em seguida acrescente a gelatina e certifique-se que ela dissolveu completamente.  Acrescente a vodka. Despeje o conteúdo em uma forma retangular e coloque na geladeira.
Quando o drink estiver na consistência ideal, corte em cubos. Sirva com raspas de limão para decorar.

Essa dica, encontrei lá no amarelo ouro. Ainda não fiz, mas estou louca para experimentar… Adoro JellyShot!! 

Etiquetado , , , , , , ,

#projetoverão – Glucerna SR

Em minha última consulta com a nutricionista fui apresentada a Glucerna SR.

glucerna-copy Consiste em um suplemento alimentar inicialmente desenvolvido para pessoas com diabetes, formulado com um sistema de carboidratos de lenta absorção que auxilia no controle da glicemia. Isenta de lactose, sacarose e glutén, o produto tem sido utilizado para auxiliar em dietas de redução de peso como substituição de uma das refeições.
(Minha nutricionista me garantiu que nada tem a ver com os Herbalife da vida, e segundo ela é um ótimo aliado contra a “vontade de comer doce”). 

Onde e como comprar?
A Glucerna SR esta disponível em duas apresentações: latas de 400g em pó (sabores baunilha e limão) e tetrapack com 230ml. A compra do produto é feita sem a necessidade de uma receita médica, e pode ser facilmente encontrada nas grandes redes. Encontrei na Droga Raia e na Drogaria São Paulo. Em média a caixinha sai por $7 e a lata por $32.

Indicação de Consumo:
3 caixinhas por semana (substituindo o jantar).
PS: Ainda não experimentei o produto, mas confesso que estou morrendo de preconceito, pois não posso nem ver um Toddynho na frente, e não tomo nada que tenha gosto/aparência de leite. A dica da nutricionista foi consumir congelado (tipo um sorvetinho) ou acrescentar ao preparo da gelatina uma caixinha de Glucerna SR sabor baunilha (fica tipo um mousse).

Sugestão de cardápio

Café da manha – 2 fatias de pão integral, 1 colher de chá de margarina Becel, 1 fatia fina de blanquet de Peru Light e 1 copo de Mate diet com limão.

Colação – 1 copo de suco light

Almoço – Salada verde à vontade (alface, rúcula, espinafre, vagem…), 2 colheres de sopa de arroz integral, 2 colheres de sopa de feijão e 1 bifé ou filé de frango grelhado.
* Não ingerir líquido durante as refeições

Lanche da tarde – 1 polenguinho light e 1 damasco.

Jantar – 1 caixinha de GLUCERNA SR , fatia de queijo branco e 2 fatias de blanquet de peru light

 

Por enquanto é isso…
Semana que vem coloco minha experiencia com o produto!!

Etiquetado , , , , , , ,

#projetoverao2013 – Detox de verão [ESPECIAL CARNAVAL]

Não. Eu não abandonei o blog. E sim acabei me empolgando na Detox de verão (vocês vão entender depois de ler o post inteiro). 
Estou com este texto a algum tempo, esperando pelo momento certo de compartilhar com vocês, e adivinhem… por problemas técnicos o momento passou. Deixei o post programado para segunda-feira de carnaval e ele não foi ao ar. Mesmo assim resolvi postar… espero que levem em consideração a falta de contexto…

Mas chega de blábláblá e vamos ao que interessa… A DETOX DE VERÃO 

sandwhich-cellphone-600

 

Aqui você não vai ler sobre a dieta da proteina, da lua, das cores, da princesa ou sobre qualquer outra. Tampouco vai ter acesso à receita daquele suco desintoxicante com uma lista de alimentos ditos milagrosos que ajudam a queimar gordura e limpar o organismo. Remédios e chás para perder peso também estão fora destas linhas. É claro que como toda mulher você deve estar em busca de algum processo rápido para “secar” o corpo antes de colocar o pé na areia, mesmo se for magra como uma top. Mas o detox que recomendamos aqui nada tem a ver com preocupações (necessárias ou neuróticas) com o corpo. Contudo, tem a ver com a saúde, com detox digital.

F.O.M.O. (e não fome) é o nome de uma patologia contemporânea que abrevia a expressão Fear Of Missing Outm ou em português, “medo de estar perdendo algo”. Sofre de F.O.M.O., quem tem ansiedade digital, ou seja aquelas pessoas que não largam o smartphone, vivem teclando, postando, curtindo, comentando, sempre com receio de perder alguma informação, piada, clique. E assim perdem uma coleção de momentos interessantes (e quem sabe especiais) que acontecem na vida real e que não poderão ser vividos mais tarde em nenhuma rede social. Afinal, o único arquivo de armazenamento que temos é a nossa memória, e quem não vive o momento não tem lembranças para ativá-lo.

Depois de assistir ao video da empresa de telefonia tailandesa DTAC, você dificilmente terá resistência a encarar a detox digital…
Aproveitem o carnaval , e acreditem: O Instagram pode esperar. O Face também. Mas o que esta acontecendo agora, não!

 

 *Texto adaptado Revista MANDi #4

 

 

Etiquetado , , , , ,

HELL Paris – 75016

Já faz um tempinho que li esse livro, mas estava criando coragem para fazer uma resenha para o Blog.
Não sei ao certo da onde tinha ouvido falar sobre o polemico livro Hell, da polemica autora Lolita Pille, mas resolvi dar uma chance para a trama. Logo na contracapa me deparo com a seguinte frase “Eu sou uma putinha. Daquelas mais insuportáveis; da pior espécie. Meu credo: seja bela e consumista”, e foi aí que começou a bater o arrependimento.

8598078018

No livro, Hell, a protagonista, narra suas aventuras fúteis em meio a burguesia aristocrata do bairro 16ème em Paris. Ela é uma entre tantas jovens a ter a ausência dos pais compensada pelo dinheiro. Usa sandália Prada e bolsa Gucci em almoços milionários com as amigas. As madrugadas culminam com sexo casual e ecstasy. A trama inteira se passa na geografia da alta costura parisiense que abriga um submundo de pessoas fúteis e infelizes. Nada além de sexo, luxo, drogas, drogas e mais drogas…

A leitura é massante, sem história, o livro não envolve o leitor e acaba se tornando muito cansativo. Mesmo tendo apenas 208 páginas preenchida por letras grandes, demorei quase um mês para acabar a leitura (e mesmo assim pensei em desistir várias vezes…).

Eu definitivamente não recomendo a leitura, maaaas se você gostou também deve gostar de Cidade da Penumbra e Buble Gum, todos escritos por Lolita Pille (A propósito, acabei investido na promoção Hell + Buble Gum, e estou totalmente sem coragem de ler, pois fiquei com uma péssima impressão da autora).


Livro: HELL – Paris 75016
Autor: Lolita Pille
Gênero: Ficção
Ano de lançamento: 2010
Editora: Intrínseca
Preço: Hell + Buble Gum $29 (no submarino)

Etiquetado , , , , , ,

#projetoverao2013 – Couve em cubinho!!

Depois de anos vivendo no modo Dieta On, a gente vai pegando amor por umas coisas e ódio  mortal por outras… Por exemplo, quem me vê hoje fazendo meu prato no kilo, não consegue imaginar que eu um dia não gostei de salada, por outro lado se enganam em pensar que encontrarão uma barrinha de cereal na minha bolsa (não consigo nem ver na frente!!!). A pouco tempo descobri uma nova paixão gostronomica dietética o tal suco verde detox. Mas tenho que admitir, que a expectatica é tomar o suco todas as manhas, e a realidade é a couve murchando, o abacaxi estragando na geladeira e eu chegando atrasada no trabalho… Foi ai que encontrei a solução dos meus problemas… couve no cubinho!! A dica é da Santa Dieta mas eu vi no Nutricionário.

gelinho-couve-620x620

 1. Separe as suas couves orgânicas e higienizadas.
2. Corte o cabinho e reserve.
3. Enrole cerca de 5 folhas de couve e corte em pedaços grandes.
4. Com um pouquinho de água no liquidificar (suficiente para cobrir as pás) acrescente as folhas picadas. Ao final desse processo, você terá uma pasta de cor verde bem viva. O ideal é que ela não fique nem muito líquida, nem muito grossa.
5. Despeje nas forminhas de gelo e leve ao freezer.
6. Depois de congelado, desenforme e coloque os cubos num saquinho, cuidando para retirar todo o ar.

Etiquetado , , ,

SP360 – O que fazer em SP no aniversário do SP

italia4-copcom-seloy

Como todo mundo deve saber, 25 de Janeiro é dia de festa para os Paulistanos. A minha tão amada e adorada São Paulo está completando 459 primaveras!! E  tem atrações para agradar a todos os gostos…
Música,  Teatro, Gastronomia, Cinema, Fotografia, Esportes, Arte e muito mais!
A comemoração está garantida!

Para os comilões – “Chefs na rua”

movimentacao-no-minhocao-no-inicio-da-manha-no-evento-chefs-na-rua-no-centro-de-sao-paulo-6512-1336320449999_956x500

O “Chefs na Rua” homenageiam os 459 anos de São Paulo com pratos e quitutes que contribuíram para a imagem da cidade como capital mundial da Gastronomia. As barracas serão montadas no Viaduto do Chá, (acessos pela R. Xavier de Toledo ou R. Libero Badaró), no centro da cidade, das 15h às 22h. É a oportunidade do público experimentar pratos tradicionais a preços bem acessíveis (até $15).
Estava presente na primeira edição do evento, que aconteceu durante a virada cultural e vou deixar algumas dicas: Os restaurantes tem uma quantidade máxima de pratos, ou seja, quanto mais tarde você chegar, menos são as chances de encontrar todos os pratos. Se  esta se planejando para almoçar no loca, vá preparado para multidões e filas.

Confira a lista completa de chefs e cozinheiros participantes:
Renato Cariori (Così) – Hambúrguer de pato e maionese trufada
Rafael Sessenta (Sotero) – Acarajé
C. Soares (Via Carlo Buffet) – Macarronada italiana
H. Bacellar (Lá da Venda) – Pão de queijo e bolos caseiros
Raphael Despirite (Marcel) – Cachorro quente à francesa
Dagoberto e Magdalena Torres (Sabores de Mi Tierra) – Arepas e patacones
Daniela França Pinto (Marcelino Pan Y Vino) – Sanduíche de pernil assado em ferno á lenha
Luiz Espadana / Vitor Sobral / Hugo Nascimento (Tasca da Esquina) – Bacalhau à Brás
Edrey Momo (1900 Pizzeria) – Pizzas em tamanho brotinho
Luiz Emanuel (Boeuf Bourguignone) – Steak Tartare
Leandro Freitas (Nakombi) – Temakis
Irmãos Pinheiro (L’Hotel) – Rabada com polenta
J. Motter (Maria Brigadeiro) – Brigadeiros variados

———————-

Chefs na Rua
Quando: 25 de janeiro, das 15h às 22h. 
Onde:
 Viaduto do Chá
Quanto:
Entrada franca. Prato por até $15.

———————-

 Programação completa SP 459 anos no Catraca Livre

Etiquetado , , , , , , ,

SP360 – MANDHU – Culinária Indiana

blog

Totalmente por acaso fui parar no Restaurante Madhu, um restaurante indiano localizado na Rua Augusta em São Paulo. O Madhu – cujo nome em indiano significa Néctar – nasceu para trazer um novo conceito: Uma gastronomia especializada na culinária do Sul da Índia; saudável, simples, saborosa e acessível.
Logo ao abrir a porta foi possível identificar nitidamente o aroma do curry, tempero típico da culinária  indiana (Dica número um: Para experimentar a comida indiana TEM que gostar de Curry!!).  Por dentro um restaurante  pequeno e aconchegante. Aliando-se ao aroma, a decoração e as músicas te transportam para uma outra atmosfera.  A cozinha aberta permite que o cliente acompanhe toda a preparação do seu prato. Sobre o atendimento, também não há do que se reclamar… todos muito simpáticos e prestativos. (Sem conhecer absolutamente nada sobre a comida, fiquei totalmente perdida ao fazer o pedido. Prontamente uma atendente se direcionou até a nossa mesa, para nos auxiliar na escolha).

MADHU-cosmo

A CULTURA DÁ O SABOR

“Baseada nos mesmos conceitos milenares de equilíbrio e harmonia do Yoga e das Vedas, a culinária indiana ensina que o ato de comer deve ser um processo consciente que proporcione a integração do ser como um todo. Na Índia se come com as mãos. Afinal, segundo a medicina Ayurvédica, a digestão não começa na boca, mas nas pontas dos dedos, quando a energia sutil dos alimentos entra em harmonia com a nossa própria energia. Para os indianos, sabores equilibrados geram sentimentos equilibrados.”

O restaurante, no modelo de fast food, oferece opções de prato, lanches e aperitivos. Os pedidos são feitos  e retirados no balcão. Optei pelo combo nº 1 Chicken Curry – Coxa e sobrecoxa desossadas, banhadas no iogurte e acrescidas de cebola, temperos típicos indianos e especiarias.+ Acompanhamento 1: Arroz Branco ou Appam + Acompanhamento 2: Snack + Chutney ou Mini-salada + Pão. ($22,40) e para beber IMLY PAANI Tamarindo, açucar, água e semente de cardamomo batidos, finalizados com rapadura e cubos de gelo. ($7,50)
Já que a ideia era experimentar: ecolhi como acompanhamento 1 o tal do Appam e de Companhamento 2  Vada com Chutney de manga.

chicken-curry
Minha avaliação:
O Appam é uma panqueca fermentada, feita com arroz e coco. De sabor levemente adocicado, combina muito bem com o Frango (que estava uma delicia apesar de bem forte), pois ajuda a neutralizar o tempero do prato principal. O Vada, Aperitivo crocante à base de lentilha, cebola e temperos típicos indianos, estava extremamente forte. E não combinou em nada com o Chutney de manga que eu escolhi (Não recomendo). O combo também vem acompanhado de duas unidades de uma pãozinho estranho d, que para mim mais parece uma panqueca (Ficou ótimo para comer com o molhinho que sobrou do frango).
E depois de tanto curry você vai tomar aquele gole de suco para refrescar, outra surpresa. O Suco também é super “temperado”!! Mas este tenho que admitir que eu adorei (não combina muito com a refeição, mas é uma delícia).
4-drinksNo geral, adorei a experiência, não é uma culinária para se comer com frequencia, mas é ótima para dar uma variada no mexicano e japonês!
Etiquetado , , , , ,

Saudades de Christian Grey?

578011_227404964059593_425897915_n

Tenho certeza que muita gente se identificou com a situação acima, eu mesma me senti assim quando  acabei de ler a trilogia do 50 tons de Cinza…  
Como já falei por aqui, eu AMEI de paixão o livro. Me envolvi com a história e não com o conteúdo erótico.  Não pretendo me aventurar com outra história similar, mas para as pessoas que se identificaram melhor com as tais cenas picantes, segue uma seleção  especial de livros do gênero. 

Trilogia Crossfire – Sylvia Day (Toda sua)
cats11
“Gideon Cross entrou na minha vida como um relâmpago na escuridão… Ele era inteligente, bem-sucedido, rico e muito lindo. Fiquei obcecada por ele como nunca tinha ficado por ninguém, por nada. Ansiava por seu toque como uma droga, mesmo sabendo que aquilo acabaria me destruindo. Eu tinha meus problemas, e ele fez com que viessem à tona muito facilmente. Gideon sabia. Ele também tinha seus problemas. E nós acabaríamos sendo o espelho que refletia os traumas – e os desejos – mais secretos do outro. Seu amor me transformou, e eu rezava para que nosso passado não nos separasse…”
Em Toda Sua, um dos livros mais bem escritos da nova onda de romances eróticos femininos, Sylvia Day conta a história de duas pessoas com um passado complicado que se encontram numa explosão de luxúria e paixão. Romântico, sombrio e muito sensual, Toda sua – leitura perfeita para os fãs do best-seller Cinquenta tons de cinza – levará você aos limites da obsessão – e além.

Trilogia BDSM – Eve Berlin (Luxúria)
Luxuria
Se você não for ao limite, como saberá até onde pode ir? Quando Dylan Ivory, escritora de romances eróticos, recebe o contato de Alec Walker, nem imagina o quanto esse homem pode mexer com seus pensamentos. Conhecido por ser um famoso dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, Alec tenta convencer Dylan de que a melhor forma de se aprofundar no assunto – e então escrever um livro o mais próximo possível da realidade – é viver uma experiência como submissa e sentir na pele a sensação desse tipo de relação. Para Dylan, essa proposta será difícil de ser aceita – uma vez que ela é fanática por ter o controle de tudo em sua vida.
Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal se vê em uma situação tentadora enquanto evitam entregarem-se ao sentimento que nasce entre eles.
Primeiro romance da trilogia erótica de Eve Berlin, Luxúria traz uma história envolvente carregada de desejo e amor em que cada limite superado revela sensações ainda mais prazerosas.

Coleção Beautiful Desaster Jamie  Mcguire (Belo desastre)

belo desastre
A nova Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar.
Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento de Travis pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura.

Como não li nenhum destes não posso fazer maiores comentários. Mas ouvi boas referências… #Ficaadica
Etiquetado , , , , , , , ,

PROJETO SP360º – O inicio

sp360

O CosmopolitanSP surgiu de uma mistura das minhas paixões, moda, beleza, fofocas, bons drinks, publicidade e é claro a Cidade de São Paulo! Tenho uma simpatia inexplicável por este lugar… Sou paulistana, mas fui para o interior logo criança… E como o bom filho a casa torna, estou de volta! (e por tempo indeterminado…).
No começo, quando tudo não passava de uma ideia, o blog seria uma  espécie de “diário de bordo” da cidade grande. Até por isso do nome Cosmopolitan SP, uma analogia de COSMOPOLITA com o drink COSMOPOLITAN + e com a cidade de SP.

Nestes dois anos que estou aqui visitei muitos lugares bacanas, mas acabei deixando muita coisa passar sem post.
Agora é oficial, declaro aberta a temporada de dicas do CosmopolitanSP: PROJETO SP360 !!

Vou tentar colocar as dicas sempre entre Sexta e Sábado para dar tempo de programar o final de semana. Vão ser dicas variadas de passeios, restaurantes, bares, almoço de domingo, eventos, lugares baratos, lugares exoticos, lugares clássicos… Não deixe de conferir!
Para aquecer vai um remember de alguns locais que já passaram pelo Hall da Fama do blog:

SP360 – Loja conceito Magnum (Infezmente esse acabou)
SP360 – NOH (Bons drinks)
SP360 – Shopping JK e Cinema 4D
SP360  – Robin des Bois (Restaurante Francês super romântico)
SP360  – Vivo Open Air (Evento de cinema aberto – muito bacana!)
SP360 – Cosmopolish Nail Bar
SP360 – Teatro Abril Família Adams (também acabou)
SP360 – Cinemark premium Shopping Cidade Jardim (O melhor cinema do mundo!)
SP360 – Érótica Fair (Evento)
SP360 – Braugarten (Restaurante/bar Alemão – Shopping Higienópolis)
SP360 – Dibaco (Restaurante Argentino em Perdizes)
SP 360 – Stuppendo (sorveteria do Edu Guedes)

Já programou o final de semana? Ainda da tempo!!
Etiquetado , , , , , , , , , ,